terça-feira, 17 de julho de 2012

Cientistas desvendam segredos de ‘computador’ de 2 mil anos

O mecanismo de Antikythera, ou Anticítera, tem esse nome pela pequena ilha grega no Mediterrâneo, onde foi encontrado. É um dos objetos mais misteriosos e mais improváveis da história do insólito… Por que? Porque ele não se encaixa no que conhecemos da época em que se supõe (pelas datações) que foi criado – 82 ou 65 a.C. . 

O mecanismo é uma espécie de relógio, ou computador, astronômico, com um conjunto muito bem elaborado de engrenagens, escalas para cálculos; que mostra as posições do zodíaco, movimentos das marés, planetas, o ano, mês, dias. Muitos acreditam que o objeto possa se referir a conhecimentos muito mais antigos (provavelmente esotéricos), talvez deixados por civilizações extremamente avançadas que teriam desaparecido há muito do nosso planeta, tal como a mítica Atlântida. Parece que uma pequena parte do mistério já foi revelado… 

Os segredos de um objeto considerado o computador mais antigo do mundo foram revelados com o uso de um equipamento de Raio X.

 O mecanismo Antikythera, como é conhecido, tem cerca de 2 mil anos e foi encontrado em 1901 quando um grupo de mergulhadores chegou a um antigo navio romano naufragado na costa da Grécia.




 


 O objeto tem o tamanho aproximado de um laptop moderno e, dentro dele, estão várias rodas de transmissão e engrenagens. Ele teria sido usado para prever eclipses solares e, de acordo com descobertas recentes, o mecanismo também servia para calcular as datas de Olimpíadas na Grécia Antiga. 

A equipe internacional de cientistas conseguiu juntar em um computador mais de 3 mil projeções de Raios X, montando um Raio X em 3D. Com estas imagens, os cientistas conseguiram compreender o mecanismo e suas engrenagens. 

Fonte: BBC Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário