sábado, 28 de julho de 2012

O Carro Assassino (e não era a Christine…)

carmageddon_frontCerta vez vinha eu andando pela estrada afora (porra nenhuma, era aqui no bairro mesmo) e enquanto andava, carregando uns cds (era 1995 ou 1996, não lembro exatamente), num estacionamento em frente a um conjunto de prédios aqui do bairro, sinto algo trombar em mim! 
Não sei o que aconteceu na hora, foi muito rapido e so vi o mundo girar ao meu redor (ou era eu girando?). Quando dei por mim, estava no chão: “Que porra aconteceu? E cadê meus cds? Ah, tão ali…”
Estiquei o braço e vi o sangue escorrendo. Tentei levantar e não consegui, e logo se aproximaram algumas pessoas para em ajudar, recolheram minhas coisas (milagre!! Não levaram nada!!!) e me carregaram até minha casa, pois a perna estava machucada e sangrava também. Chegando lá, minha mão desesperada cuidou de mim, e teve outros lances chatos que aconteceram, e acho melhor não comentar…
Mas felizmente eu não sofri fraturas, mas fiquei com a perna cheia de curativos e enfaixada durante um bom tempo.
Meus amigos foram me visitar, e um deles ao ouvir minha explicação do que ouve e a descrição que me deram do carro que me atingiu e fugiu (automóveis… atropelamento e fuga.. alvos móveis… – musica do Skowa & Máfia, o clip ta logo abaixo, hehhe), o cara so olhou pra minha cara e disparou:
- Porra, que atropelado fuleiro e sem classe é você!!! Atropelado por um Gurgel?????
Pois é… quem tem classe é outra coisa…. se fosse um carro normal (Gurgel é fabricado com fibra de vidro) eu tinha ido dessa pra melhor….


Nenhum comentário:

Postar um comentário